Quer trocar de carro, mas antes precisa entender os custos do novo modelo? Não se preocupe, leia este texto na íntegra e entenda como calcular o IPVA de forma simples e fácil. Além disso, entenda como o IPVA funciona e quem está isento de seu pagamento. 

Como funciona o IPVA? 

O IPVA, ou Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores, é um tributo cobrado  pela Secretaria da Fazenda dos estados brasileiros e do Distrito Federal a todo proprietário de veículo automotor no país. 


Ao efetuar a compra de um veículo automotor, seja ele motocicleta, carro, ônibus, entre outros, você deverá fazer o pagamento deste tributo anual. 

Como calcular o IPVA?

O cálculo do IPVA é feito com base no modelo do veículo, seu ano de fabricação e a alíquota, que pode variar de 0,5% a 4% sobre o valor do carro, dependendo do estado em que o veículo foi emplacado. 


Para saber como calcular o IPVA é necessário saber primeiramente o valor do veículo que você pretende comprar. É possível conferir o valor do modelo do veículo no mercado através da tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, FIPE.


O valor venal para veículos novos é o total apresentado no documento fiscal no momento da compra do veículo. E vale ressaltar que o valor da alíquota é diferente para cada estado. 


Agora que você possui essas informações, como calcular o IPVA? É bem simples, basta multiplicar o valor venal do veículo pela alíquota devida e dividir o valor por 100. Veja o exemplo abaixo:


Um veículo no valor de R$ 30.000 (levando em consideração as características do modelo e de acordo com a tabela FIPE), com a alíquota de 3%. 


Você deverá fazer o seguinte cálculo: 

Valor IPVA: R$ 30.000 X 3 = 90.000 ÷ 100 = 900 ]

Neste caso, o valor do IPVA no seu estado deverá ser de R$ 900.

Desconto para antecipação de IPVA

Quem opta por fazer o pagamento à vista do IPVA antes do prazo recebe um desconto. Os descontos podem chegar até 25%, com variações de 10%, 5% e 3% de desconto, conforme cada estado.

Isenção de IPVA  

Há ainda a possibilidade de isenção do IPVA. Estão isentos deste tributo: 


  • Máquinas utilizadas para fins agrícolas; 

  • Veículos ferroviários; automóveis conduzidos por pessoa com deficiência física;

  • Veículos utilizados no transporte público de passageiros na categoria aluguel;

  • Veículos de propriedade de Embaixada, Representação Consular, de Embaixador e de Representante Consular; 

  • Ônibus ou microônibus empregados no transporte público de passageiros; 

  • Máquinas de terraplanagem, empilhadeiras, guindastes e demais máquinas utilizadas na construção civil ou para monte e desmonte de cargas;

  • E veículos com mais de 20 anos de fabricação. 

Entenda o peso do IPVA ao trocar de automóvel 

Antes de trocar seu carro, entenda o peso que o IPVA terá nessa troca para o seu bolso. Lembre-se que o valor do IPVA muda de acordo com as especificações do modelo escolhido.


Se ainda tiver dúvidas sobre como calcular o IPVA deixe um comentário e vou ficar feliz em te ajudar com mais informações.